Skip to content

Festival de Joinville 2011

março 22, 2011

O Festival de Dança de Joinville começa a dar o nome das estrelas que brilharão pelos palcos de Joinville de 20 a 30 de julho de 2011. Após uma seleção envolvendo grupos e coreografias do Brasil e do exterior, sete foram selecionadas para a Mostra Contemporânea de Dança, destinada a Companhias Profissionais e realizada no Teatro Juarez Machado ou em espaços alternativos ainda a definir de acordo com as necessidades de cada espetáculo. Foram 113 trabalhos inscritos de 90 companhias de dança. Dessas, 17 coreografias vieram do exterior, totalizando dez grupos de fora do Brasil, como Argentina, França, Itália, Estados Unidos, Suíça, Portugal e Geórgia.

O Conselho Artístico do Festival primou pela excelência artística e qualidade dos espetáculos como critério principal para a seleção. Quem prestigiar as apresentações este ano vai assistir criações diversificadas, muitas delas voltadas para a cultura nacional, envolvendo samba e até capoeira, com os paulistas do Ritmo´s Family no espetáculo “Corpos Opacos” e o Núcleo Duo Ferron com seu “Sapatos Brancos”. Já outra coreografia surgiu a partir da junção entre dança e criação multimídia. É o caso de “Na Véspera de Não Partir Nunca”, do Grupo Tápias, do Rio de Janeiro, que capta o movimento da intérprete e com ele gera sons mediados pelo computador e somados à voz e ao trompete ao vivo.

Outra companhia que também retrata a população brasileira e suas origens são os mineiros da SeráQ. Companhia de Dança. O Espetáculo “Q´eu Isse” faz um recorte das raízes afro-indígenas e a as influências sonoras de origem “Buntus” na pronúncia do nome feita ao estilo “mineirês”.

Já a carioca Lavinia Bizzotto traz a Joinville o seu solo “Na Dobra do Tempo” com o conceito de virtuosismo e de prosaico; o surgimento dos movimentos a partir da avaliação do próprio corpo sobre suas possibilidades. Para abordar as inquietudes do amor, da solidão, do poder e da morte, sobe ao palco a Terpsí Teatro de Dança, de Porto Alegre (RS), com “Ditos Malditos: Desejos da Clausura”.

Com músicas do consagrado cantor e compositor Zeca Baleiro, a Ribeirão Preto Cia de Dança apresenta na Mostra o espetáculo “Sobre Nós”.

A 11ª edição da Mostra Contemporânea de Dança ocorre de 21 a 29 de julho.

Take care of your body… abraços!

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: